23.7 C
São Luis
domingo, 5 fevereiro, 2023
InícioBrasilFunarte cede uso do Teatro Brasileiro de Comédia ao Sesc São Paulo

Funarte cede uso do Teatro Brasileiro de Comédia ao Sesc São Paulo

Publicado em

A Fundação Nacional de Artes (Funarte) assinou hoje (21) a cessão de uso do Teatro Brasileiro de Comédia (TBC) para o Sesc São Paulo por 35 anos. O acordo permitirá a conclusão das obras de reforma, a reativação das atividades e o retorno do histórico teatro à cena cultural da capital paulista. A Funarte, por sua vez, terá o direito de utilização do TBC por 30 dias de programação por ano.

O Sesc se compromete a entregar um projeto arquitetônico em dois anos e a concluir as obras para dar início à operação do espaço em mais seis anos. A reforma será feita com base nos croquis já apresentados, com atendimento de itens de acessibilidade.

“Resgatar o TBC é trazer para a sociedade o direito de frequentar esse teatro histórico e devolver aos artistas esse palco iluminado. O Sesc tem papel fundamental nessa retomada, sendo o parceiro ideal para resgatar o teatro e sua história”, disse o presidente da Funarte, Tamoio Athayde Marcondes. 

O presidente do Sesc, o empresário Abram Szajman, destacou que ocupar aquele espaço histórico, tornando-o mais uma unidade do Sesc na capital “mostra-se como um dos mais importantes momentos para a instituição, pela ampliação da capacidade de atendimento, pelo oferecimento à população de São Paulo de mais opções para o lazer e o aprendizado permanente, em um espaço propício para o desenvolvimento humano e a prática da cidadania”.

O edifício será devolvido à sociedade com a programação da rede Sesc, além do desenvolvimento de atividades esportivas, de lazer e de cultura, gratuitas ou a preços populares, e também com a programação da Funarte.

Patrimônio

Localizado no bairro do Bixiga, na capital paulista, o TBC está fechado para reformas desde 2008, antes de passar para a gestão da Funarte, que comprou o espaço. Foram realizadas obras estruturais e de alvenaria. Antes que se iniciasse uma nova fase de obras, foi divulgado, em 2016, o início das conversas do Ministério da Cultura com o Sesc. Em 2019, o então secretário especial de Cultura do governo federal, Henrique Medeiros Pires, retomou as tratativas.

O Teatro Brasileiro de Comédia foi inaugurado em 1948 e, até 1964, foi sede da companhia de teatro homônima, que reuniu atores como Fernanda Montenegro, Fernando Torres, Cacilda Becker, Paulo Autran, Tônia Carrero e Walmor Chagas. Depois, continuou funcionando como teatro autônomo até fechar as portas em 2008.

O TBC representou um marco na trajetória do teatro brasileiro e inovou ao propor um modelo de gestão inspirado nos teatros europeus, com um diretor artístico à frente de um pensamento curatorial e compondo um quadro artístico que reunia diferentes encenadores, informou a Funarte.

O edifício-sede do teatro foi tombado, em 1982, pelo Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico, Arqueológico, Artístico e Turístico (Condephaat), ligado à Secretaria da Cultura do Estado e, em 1991, pelo Conselho Municipal de Preservação do Patrimônio Histórico, Cultural e Ambiental da Cidade de São Paulo.

Fonte: Agência Brasil

Comentários

Últimas notícias

Você pode gostar