21.9 C
São Luis
segunda-feira, 6 fevereiro, 2023
InícioEconomiaDólar cai para R$ 5,18 em dia de anúncio de ministros do...

Dólar cai para R$ 5,18 em dia de anúncio de ministros do novo governo

Publicado em

Sob reflexo da aprovação da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) da Transição e do anúncio de novos ministros do futuro governo, o mercado financeiro teve um dia de tranquilidade, em contraposição ao pessimismo no exterior. O dólar caiu para o menor valor em 50 dias, e a bolsa de valores fechou com leve alta.

O dólar comercial encerrou esta quinta-feira (22) vendido a R$ 5,186, com recuo de R$ 0,017 (-0,33%). A cotação iniciou o dia em alta, com a moeda em torno de R$ 5,21, mas passou a cair no fim da manhã, após o presidente eleito Luiz Inácio Lula da Silva anunciar mais 16 ministros. Na mínima do dia, por volta das 11h40, chegou a R$ 5,16.

A moeda norte-americana está no menor valor desde 9 de novembro. Com o desempenho de hoje, a divisa acumula queda de 0,31% em dezembro e de 7% em 2022.

O mercado de ações teve um dia mais instável. Após passar boa parte do dia em baixa, pressionado pelas bolsas norte-americanas, o índice Ibovespa, da B3, fechou aos 107.551 pontos, com alta de 0,11%. Esse foi o quarto pregão seguido de alta da bolsa brasileira.

No início das negociações, o mercado financeiro reagiu à promulgação da PEC da Transição pelo Senado no fim da noite de ontem (21). A negociação que reduziu a vigência do texto para um ano tem sido bem recebida pelos investidores nos últimos dias. Além disso, os investidores repercutiram bem o anúncio de que o vice-presidente eleito, Geraldo Alckmin, será o ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior.

A aprovação do Orçamento de 2023, no início da tarde, aumentou o clima de estabilidade. Até ontem, havia o receio de que o Congresso Nacional não conseguisse aprovar o projeto até hoje, último dia do ano legislativo. Caso o Orçamento não fosse aprovado, seria necessária uma convocação extraordinária do Congresso para a próxima semana.

As notícias internas amenizaram o clima negativo no exterior. Nesta quinta, foi divulgado que a economia norte-americana cresceu mais que o previsto no terceiro trimestre, segundo a revisão do Produto Interno Bruto (PIB) norte-americano. Além disso, os pedidos de seguro-desemprego ficaram abaixo do esperado na última semana.

Os dados econômicos robustos aumentaram as expectativas de que o Federal Reserve (Fed, Banco Central norte-americano) mantenha os juros altos mais tempo que o esperado. Juros altos em economias avançadas estimulam a fuga de capitais de países emergentes, como o Brasil.

* com informações da Reuters

Fonte: Agência Brasil

Comentários

Últimas notícias

Você pode gostar