24.4 C
São Luis
segunda-feira, 6 fevereiro, 2023
InícioEsportesDerrota brasileira contra Camarões frustra torcedores no Rio

Derrota brasileira contra Camarões frustra torcedores no Rio

Publicado em

A decepção foi total nas areias de Copacabana, com a derrota da seleção brasileira para a de Camarões na Copa do Catar nesta sexta-feira (2). A multidão, que aproveitou o dia de sol e clima ameno à beira-mar para lotar o espaço da Fifa Fan Fest, lamentou o resultado da partida contra a equipe camaronesa.

Embora no primeiro tempo o Brasil tenha dominado o jogo, com diversas oportunidades de gol, o placar permaneceu imóvel. A cada lance desperdiçado, a torcida gritava, mas continuava esperançosa de vencer a partida.

Porém, no segundo tempo, o time de Camarões voltou melhor e passou a criar as maiores chances de gol, embora os jogadores brasileiros continuassem tentando abrir o placar. A insistência camaronesa foi premiada aos 47 minutos do segundo tempo, com gol de cabeça certeiro de Aboubakar.

Público assiste ao jogo do Brasil e Camarões pela Copa do Mundo 2022, na Arena Fifa Fan Festival, em Copacabana
Público assiste ao jogo do Brasil e Camarões pela Copa do Mundo 2022, na Arena Fifa Fan Festival, em Copacabana

Público assiste ao jogo do Brasil e Camarões pela Copa do Mundo 2022, na Arena Fifa Fan Festival, em Copacabana – Tomaz Silva/Agência Brasil

Ainda assim, o Brasil não se entregou e tentou até o último minuto chegar ao empate, o que não aconteceu. Apesar da derrota, a seleção brasileira continuou em primeiro lugar no grupo, à frente da Suíça, segunda colocada, com o mesmo número de pontos, mas com um gol a menos que os brasileiros.

Muitos turistas contribuíram para lotar o espaço da Fifa Fan Fest de Copacabana, como o engenheiro norueguês Martin Ottersen. “Achei terrível. Deveria ser Brasil 5 x 1. Está faltando o Neymar. Tem que melhorar para poder ganhar. Nesta copa, tem o time da França, que está muito forte, mas torcemos pelo Brasil”, disse Ottersen, que veio ao Rio com outros colegas, todos trajando a camisa amarelinha do Brasil.

Alguns torcedores estavam até conformados com o resultado, pois não esperavam muito do time reserva do Brasil, como a farmacêutica Priscila Costa. “Eu nem prestei muita atenção, porque ficou um pouco desanimado. A gente já sabia que poderia acontecer isso, por estar botando os reservas. Já achava que era possível esse placar”, disse Priscila, que veio acompanhada do marido, Reinaldo Veridiano, que estava mais esperançoso em um bom resultado: “Eu achava que o Brasil poderia ter ganhado, até por um placar elástico. Desmotiva um pouco, pois sai toda aquela expectativa de vitória que nós tínhamos. Mas perdemos na hora em que podíamos perder.”

Já para o segurança Pedro Paulo de Souza Adriano, que se dividiu em manter um olho na multidão e outro no telão, o Brasil poderia ter jogado melhor, se Tite tivesse colocado o atacante Pedro desde o início. “Ele poderia botado o Pedro [desde o início], e não o Gabriel Jesus. Poderia ter dado essa oportunidade para o Pedro, para não passar esse sufoco de ter tomado um gol no final e ficar correndo atrás do resultado. Eu acredito no Brasil, independente dessa derrota, pois temos bastante qualidade para chegar até a final”, disse Adriano.

Fonte: Agência Brasil

Comentários

Últimas notícias

Você pode gostar