21.9 C
São Luis
segunda-feira, 6 fevereiro, 2023
InícioEsportesMarrocos não tem plano especial contra Mbappé, diz técnico marroquino

Marrocos não tem plano especial contra Mbappé, diz técnico marroquino

Publicado em

O Marrocos não tem planos específicos para lidar com o perigo de Kylian Mbappé na semifinal da Copa do Mundo na quarta-feira, com o técnico Walid Regragui dizendo que a França representa muitas ameaças individuais para se concentrar em apenas uma.

Mbappé é o artilheiro do torneio com cinco gols e recebeu atenção especial da Inglaterra nas quartas de final de sábado, quando teve atuação apagada, embora os franceses ainda tenham vencido o jogo.

O Marrocos não tem planos semelhantes, disse Regragui em entrevista coletiva nesta terça-feira, antes do confronto no estádio Al Bayt.

“Não vou tentar estabelecer nenhum plano tático específico para combater Kylian”, afirmou ele. “A França também tem outros bons jogadores. [Antoine] Griezmann está no topo de seu jogo e atuando bem nas entrelinhas e Ousmane Dembélé também é um complemento perfeito para Mbappé na outra ponta’. “Se nos concentrarmos apenas em Mbappé, isso será um erro. Eles são campeões mundiais, com jogadores de classe mundial e farão tudo o que puderem. Precisamos nos concentrar no que podemos fazer para causar problemas para a França”, completou.

Mbappé, na ponta esquerda do ataque, enfrentará o companheiro de Paris Saint-Germain e amigo Achraf Hakimi, que é o lateral-direito do Marrocos.

“Achraf conhece Mbappé melhor do que eu e treina com ele diariamente, então ele está mais bem posicionado do que eu para saber como lidar com Kylian. Hakimi é um dos melhores jogadores do mundo, então vai ser um grande duelo entre os dois”, disse Regragui.

O Marrocos vai para a semifinal procurando adicionar a França a uma lista impressionante de vítimas no torneio, mas precisa colocar os jogadores em forma a tempo após o esforço de seus cinco jogos no Catar.

O Marrocos ainda luta com “muitas lesões”, disse o técnico, mas os jogadores estão se recuperando. Existem preocupações sobre a dupla de zaga Romain Saiss e Nayef Aguerd em particular.

“Temos uma excelente equipe médica e eles têm vindo com boas notícias. Mas vamos ter de esperar até ao último minuto para definir o time.”

Não haverá alterações na abordagem tática, acrescentou Regragui, descartando as críticas ao jogo defensivo e de contra-ataque.

“De que adianta 70% de posse de bola se você consegue apenas alguns chutes a gol?”, perguntou. “Todo mundo está trabalhando, todo mundo está dando o seu melhor em todos os sentidos e jogamos um jogo coletivo sempre com bom espírito, o que para mim é tudo no futebol.”

Marrocos é o primeiro país africano e árabe a chegar às semifinais de Copa do Mundo e quer dar um passo adiante.

“Sei que não somos os favoritos, mas estamos confiantes. Você pode dizer que estou doido, mas acho que um pouco de loucura é bom”, disse ele.

* É proibida a reprodução deste conteúdo.

Fonte: Agência Brasil

Comentários

Últimas notícias

Você pode gostar