19.3 C
São Luis
- PUBLICIDADE -
InícioEstadualSES capacita técnicos como parte da Semana Nacional de Combate e Controle...

SES capacita técnicos como parte da Semana Nacional de Combate e Controle à Leishmaniose

Semana Nacional de Combate e Controle à Leishmaniose (Foto: Ruy Barros)
- CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE -

A Secretaria de Estado da Saúde (SES) iniciou, nesta segunda-feira (9), a capacitação em “Monitoramento entomológico em áreas com utilização de coleiras impregnadas com deltametrina” como ferramenta de controle de leishmaniose visceral (calazar). A ação faz parte da programação da Semana Nacional de Combate e Controle à Leishmaniose.

O objetivo da atividade é capacitar técnicos de entomologia das regionais de saúde do estado e municípios de Timon, Caxias e São Luís para Avaliação Entomológica da implementação do uso das coleiras impregnadas com inseticida em cães em municípios prioritários para o controle da leishmaniose visceral humana e canina no Brasil.

O treinamento, ministrado pelo pesquisador do Departamento de Epidemiologia da Faculdade de Saúde Pública/Universidade de São Paulo, Fredy Galvis Ovallos, prossegue até quarta-feira (11), no Laboratório Central de Saúde Pública do Maranhão (Lacen-MA).

A coordenadora do Programa Estadual de Vigilância e Controle das Leishmanioses da SES, Monique Maia, destacou o empenho do Governo do Maranhão no enfrentamento, combate e controle à leishmaniose. “Tendo em vista que o programa vai implementar o encoleiramento em massa de animais como ferramenta de controle da doença tanto nos animais como nos homens, esse treinamento é de suma importância para avaliar o impacto do uso dessa ferramenta como controle também do vetor”, disse.

Também participaram das atividades de abertura da Semana Nacional de Combate e Controle à Leishmaniose a chefe do Departamento de Controle de Zoonoses da SES, Zulmira da Silva Batista; a superintendente de Epidemiologia e Controle de Doenças da SES, Tayara Pereira; e o diretor Geral do Lacen, Lídio Gonçalves.

Webinar

A Semana Nacional de Combate e Controle à Leishmaniose será realizada até 13 de agosto. Com parte da programação, iniciou nesta segunda (9) o webinar com o tema “Maranhão Contra o Calazar”, destinado a profissionais de saúde, pesquisadores e estudantes. O médico infectologista e pesquisador da Fiocruz Bahia, Jackson Maurício Lopes Costa; e a coordenadora do Programa de Vigilância e Controle das Leishmanioses da SES, Monique Maia, promoveram o debate sobre “Drogas no tratamento das Leishmanioses”.

Para participar do webinar, o interessado precisa se inscrever através de cadastramento online, por meio do link https://bit.ly/3rqpXek. Durante o seminário virtual, os inscritos participarão das palestras educativas com ênfase na prevenção e controle das Leishmanioses.

Na quarta-feira (11), o webinar debaterá sobre “Vetores Transmissores das Leishmanioses”, com a participação de três convidados: o pesquisador da Universidade de São Paulo, Fredy Galvis Ovalhos; o biólogo e doutor em Biodiversidade e Biotecnologia, Jorge Luiz Pinto Moraes; e o professor doutor da Universidade Federal do Maranhão, José Manoel Macário Rebêlo.

Na quinta (12) e sexta-feira (13), o tema será “Reservatórios da Leishmaniose Visceral e Formas de Prevenção”, ocasião em que será debatido o encoleiramento na teoria e na prática, e também o papel dos animais domésticos no ciclo de transmissão da doença. Entre os palestrantes, a professora da Universidade Estadual de Santa Cruz, na Bahia, Anaiá da Paixão Sevá; e o biólogo pós-doutor em parasitologia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, Hermes Luz.

Comentários

Comentários



Fonte: Agência de Noticias do Maranhão

- PUBLICIDADE -
Continue Lendo
- PUBLICIDADE -

Últimas Notícias

- PUBLICIDADE -