21.3 C
São Luis
- PUBLICIDADE -
InícioGeralJosé Paulo Cavalcanti é eleito para Academia Brasileira de Letras

José Paulo Cavalcanti é eleito para Academia Brasileira de Letras

A Academia Brasileira de Letras (ABL) elegeu hoje (25) o romancista e advogado José Paulo Cavalcanti como novo ocupante da cadeira 39 do quadro de membros efetivos. A cadeira era ocupada pelo acadêmico e vice-presidente da República nos dois governos de Fernando Henrique Cardoso, Marco Maciel, falecido no dia 12 de junho deste ano.

- CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Dos 34 participantes da votação, Cavalcanti recebeu 21 votos. Concorreram com ele: Ricardo Cavaliere, Godofredo de Oliveira Neto, Luiz Coronel, Camilo Martins e Leandro Gouveia.

Os ocupantes anteriores da cadeira 39 foram foram Oliveira Lima (fundador) – que escolheu como patrono Francisco Adolfo de Varnhagen –, Alberto de Faria, Rocha Pombo, Rodolfo Garcia, Elmano Cardim, Otto Lara Resende e Roberto Marinho.

O presidente da ABL, Marco Lucchesi, ressalta que José Paulo Cavalcanti é um renomado estudioso de Fernando Pessoa, tão íntimo e intenso, como se fosse parente espiritual do poeta. “Ensaísta e pesquisador refinado, a biografia que ele redigiu sobre Pessoa circula nos quatro cantos da Terra. José Paulo entra para a ABL com o passaporte da literatura. Ou talvez com mais de um documento, se considerarmos os heterônimos de pessoa, que assombram e iluminam o novo acadêmico eleito”, declarou..

Biografia

José Paulo Cavalcanti Filho nasceu no Recife no dia 21 de maio de 1948. É advogado formado pela Faculdade de Direito do Recife (1971). Foi secretário-geral do Ministério da Justiça e ministro interino da Justiça no governo do ex-presidente José Sarney e também presidente do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (CADE), da EBN (depois Empresa Brasil de Comunicação- EBC), e do Conselho de Comunicação Social (órgão do Congresso Nacional). Consultor da Unesco e do Banco Mundial, ocupa atualmente a cadeira 27 da Academia Pernambucana de Letras.

Cavalcanti Filho é romancista e tem mais de 18 títulos escritos, alguns publicados no exterior. Também é um conhecedor profundo da obra do escritor português Fernando Pessoa. Em 2012, conquistou o prêmio José Ermírio de Moraes, pelo livro Fernando Pessoa – uma quase autobiografia. Também conquistou o primeiro lugar na Bienal do Livro e no Prêmio Jabuti. É vencedor do Prêmio II Molinello, na Itália. Recebeu, ainda, premiações em países como Romênia, Israel, Espanha, França, Holanda, Alemanha, Rússia, Inglaterra e Estados Unidos.

Recentemente, a atriz Fernanda Montenegro, o cantor e compositor Gilberto Gil e o neurocirurgião Paulo Niemeyer Filho foram eleitos para a ABL.

Nova eleição

No mês de dezembro deste ano, dez nomes vão disputar a cadeira 2, que era ocupada pelo filósofo Tarcísio Padilha. Ele morreu no dia 9 de setembro deste ano. Sérgio Bermudes, Gabriel Chalita, Eduardo Giannetti da Fonseca, Sâmia Macedo, Antônio Hélio da Silva, José Humberto da Silva, Eloi Angelos Ghio D’Aracosia, Jeff Thomas, José William Vavruk e Joana Rodrigues Alexandre Figueiredo, estão concorrendo à eleição do dia 16.

Fonte: Agência Brasil

- PUBLICIDADE -
Continue Lendo
- PUBLICIDADE -

Últimas Notícias

- PUBLICIDADE -