14.8 C
São Luis
sexta-feira, 27 maio, 2022
InícioSegurança PúblicaPC/MAOperação teia: 12 pessoas são presas pela polícia civil durante ação de...

Operação teia: 12 pessoas são presas pela polícia civil durante ação de combate a organizações criminosas na região metropolitana de São Luís

Publicado em

Durante uma coletiva de imprensa realizada na manhã desta quarta-feira(20), na sede da Delegacia Geral, em São Luís, autoridades da Polícia Civil do Maranhão apresentaram, os resultados da Operação Teia, deflagrada nas primeiras horas da manhã desta quarta-feira, no combate ao crime de organização criminosa na cidade de Paço do Lumiar, na Região Metropolitana de São Luís. Os dados e detalhes da ação policial foram explanados pelo delegado-geral de Polícia Civil do Maranhão, Jair Paiva; o superintendente de Polícia Civil da Capital (SPCC), Carlos Alessandro e Sidney de Oliveira, delegado de Paço do Lumiar.

A Operação Teia tinha como missão, cumprir 19 mandados de prisão e de busca e apreensão contra pessoas investigadas pelo envolvimento, em tese, com o crime de organização criminosa, bem como outras práticas delituosas, tais como tráfico, crimes patrimoniais e até mesmo homicídio na região do município de Paço do Lumiar e localidades vizinhas.

Segundo o superintendente da SPCC, Carlos Alessandro, a operação teve como base uma investigação, que durou aproximadamente 2 anos, resultou na prisão de 12 pessoas investigadas pelo crime de organização criminosa.

Por sua vez, o delegado-geral, Jair Paiva, parabenizou pelo êxito as equipes envolvidas, fundamentais para o resultado positivo da ação. “A operação faz parte de um conjunto de trabalho que tem como objetivo levar segurança à população da Região Metropolitana de São Luís. O resultado foi excepcional, pois conseguimos tirar de circulação autores de vários crimes”, ressaltou Paiva.

Os presos foram apresentados na sede da Delegacia de Polícia Civil de Paço do Lumiar, onde foram ouvidos formalmente e posteriormente encaminhados ao Sistema Penitenciário estadual, onde permanecerão à disposição da Justiça.

Foto : Imagem da coletiva de imprensa sobre a Operação Teia.

POR: ASCOM-PCMA

Comentários

Últimas notícias

Você pode gostar